A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Evento

Roda de conversa sobre experiências exitosas abre programação do Dia D

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Quinta, 15 de Setembro de 2022, 10h50 | Última atualização em Terça, 20 de Setembro de 2022, 07h28 | Acessos: 257

Evento foi realizado na quinta-feira, 15 e teve programação híbrida em várias unidades da Instituição. 

imagem sem descrição.

O Instituto Federal Goiano (IF Goiano) realizou nessa quinta-feira, 15, o DIA D - Acesso, Permanência e Êxito. O evento contou com atividades transmitidas de forma online para toda a Instituição e teve o objetivo de discutir, institucionalmente, estratégias, ações e reflexões acerca dessas temáticas tão necessárias para a qualidade do nosso trabalho enquanto instituição, além de promover reflexões a partir das experiências cotidianas do IF Goiano para identificar os principais motivos de evasão e retenção com o intuito de elaborar estratégias que minimizem esses fatores.

Durante a cerimônia de abertura do evento, a coordenadora do Cefor, Joseany Ribeiro, lembrou dos desafios do ensino remoto durante a pandemia e destacou: "Se não tivéssemos iniciado o ensino remoto, apesar de todas as dificuldades, estaríamos enfrentando um problema ainda maior com a evasão. Quando conversamos com outras instituições que iniciaram este processo depois de algum tempo, sofreram muito mais com a evasão", explica. 

O reitor da Instituição, Elias Monteiro, que participou de forma remota do evento, destacou a importância do evento e lembrou de reflexão sobre o nome do evento. "Estamos passando por um momento em que a Educação não é vista com a sua devida importância. Não podemos deixar de destacar a importância da Educação. Defendemos uma Educação emancipatória, que inclui e transforma vidas, nos dando autonomia e independência. Precisamos defender essa educação, que é a desenvolvida dentro dos Institutos", explica. O reitor do IF Goiano destaca que o momento vivido na Instituição possui diversas dificuldades, mas que ainda assim o IF Goiano representa uma possibilidade de mudança de vida para muitos de nossos estudantes. "Precisamos lembrar da importância da nossa Instituição na vida dos nossos estudantes. Precisamos ter a consciência dos motivos pelos quais tivemos uma maior taxa de evasão. Mas precisamos levantar esses motivos e ir atrás destes estudantes que não conseguiram seguir com a gente", afirma. 


Programação do Campus Urutaí

Roda de Conversa - Durante a programação da manhã, foi realizada Roda de Conversa com as unidades de Cristalina, Ceres e Ipameri, para destacar experiências de busca ativa. A primeira unidade a apresentar suas ações Cristalina. De acordo com o professor Álvaro Candido uma das ações de destaque foi o acompanhamento das quinzenas e atividades realizadas realizados de forma automatizada no Moodle. 

A unidade realizou ação de busca ativa de estudantes com mais de cinco notas abaixo da média. "Durante nossos estudos, vimos que o maior problema que nossos estudantes enfrentassem foi a falta de renda em função da crise econômica da pandemia", explica. De acordo com Álvaro, durante os estudos realizados durante a pandemia, foi observado que grande parte dos estudantes tinha acesso apenas a celular como dispositivo para estudo. "Isso impactou na maneira como criávamos o material didático, pois tinhamos que levar em conta o dispositivo disponível", explica. 

Álvaro explica que toda essa dinâmica trouxe bons resultados e vários dos estudantes contactados conseguiram aprovação. "Reconhecemos o esforço dos servidores e dos estudantes e vimos que o trabalho integrado de toda a equipe foi muito bom. Precisamos nos aproximar das famílias e dos estudantes. Esse diálogo pode parecer óbvio, mas é muito importante", explica. Outros destaques foram o auxílio conectividade.

Par ao ano de 2022, Álvaro explica que está sendo implementado projeto Piloto chamado Planejamento de Atividades Acadêmicas Individualizado (PAAI). O objetivo é oferecer ao estudante a oportunidade de pensar sua vida escolar de forma sistematizada e orientada. "Nossa ideia é que o estudante possa ter um tutor para que ele possa alcançar seu objetivo na escola"< explica. 

O Campus Avançado Ipameri também destacou algumas ações. De acordo com o servidor Welton de Jesus, a unidade desenvolveu política de ação, especialmente durante o período pandêmico, baseado em três "R":: Relacionamento, Relevância e Responsividade. De acordo com a pedagoga Ângela Nunes, Ipameri iniciou sua busca ativa aos estudantes a partir da percepção da ausência dos alunos nas atividades. "Passamos a acompanhar e orientar os pais de alunos com risco de reprovação por meio de ligações, Whatsapp e outras Redes Sociais. Posteriormente começamos a fazer visitas a estudantes que estavam em situação emocional mais complicada', explica. 

Ângela afirma ainda que, para estudantes com necessidades específicas foram acompanhados mais de perto e a unidade também ofereceu acompanhamento com psicólogos para estudantes com maior dificuldade. A pedagoga demonstrou algumas ações que auxiliaram na integração com estudantes, com apoio da prefeitura, debates, cursos e projetos de esporte. 

O Campus Ceres também participou com relato de experiência em parceria com o apoio pedagógico. Ceres apresentou o projeto de Busca Ativa e Projeto Tutoria que, na avaliação da unidade, contribuiu bastante para a permanência de estudantes no momento da pandemia. O projeto de tutoria envolveu estudantes bolsistas e, de acordo com a bolsista Juliana Carneiro Vieira, do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas.

De acordo com Juliana, a estratégia do projeto era entrar como alternativa que atuasse como mediação no processo de ensino aprendizagem. "Ajudamos os estudantes com acesso às plataformas, ajudamos eles a identificar as dificuldades que estavam tendo, além de auxiliarmos nas demandas de biologia. Mas também ajudamos eles em outras disciplinas", explica. Juliana explicou que o projeto atuou com estudantes de todos os cursos técnicos da unidade. 

A bolsista explica que foram desenvolvidas dicas de motivações para estudo, vídeos explicativos no Tik Tok e Youtube, que eram repassados a professores e estudantes. "56% dos estudantes que entramos em contato aceitaram entrar desse projeto e não houve evasão no projeto", diz. 


Campus Ceres apresentou relato de experiência com bolsistas

Além da programação geral do evento, as unidades do IF Goiano também realizam programação local para discutir o tema. 

Confira a programação do evento:

08h - Abertura

08h30 às 10h - Roda de Conversa sobre experiência de busca ativa (Ceres, Cristalina e Ipameri)
Local: Teams - https://bit.ly/3Rvt8xz

14h às 15h30min - Exposição de ideias "Acesso, Permanência e Êxito: um olhar da Comunicação"
Local: Teams - https://bit.ly/3RO07Ns

19h - Lançamento do Livro da Permanência do IF Goiano - https://bit.ly/3QypnpX

19h30min às 20h30min - Palestra "Permanência e Êxito no Instituto Federal Fluminense ”
Local: Teams - https://bit.ly/3QypnpX

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página