Aprendendo sobre Saúde e Meio Ambiente pelas lentes microscópicas: um relato de experiência vivenciado por bolsistas do PIBID/Biologia do Instituto Federal Goiano (IF Goiano) - Campus Urutaí

Authors

  • Natália Aparecida Campos et al. Instituto Federal Goiano - Campus Urutaí (GO, Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.33837/msj.v1i11.553

Abstract

O presente trabalho teve como objetivo geral, oportunizar a estudantes do primeiro ciclo do ensino fundamental de uma escola carente, metodologias ativas de ensino-aprendizagem voltadas à temática Saúde e Meio Ambiente, promovendo concomitantemente a popularização da Ciência neste nível educacional. A partir da elaboração de atividades lúdicas e dinâmicas, baseada na concepção das metodologias ativas de ensino-aprendizagem crianças de uma escola carente da cidade de Pires do Rio (sob tutoria de estudantes do PIBID/Biologia e do ensino médio do Instituto Federal Goiano – Campus Urutaí e professores colaboradores, devidamente capacitados), participaram de três diferentes atividades intituladas: “Que água posso beber?”, “Conhecendo o estrago causado pelas queimadas nas plantas” e “Quem é o Aedes aegypti?”. A partir das atividades desenvolvidas, notou-se grande empolgação das crianças participantes do projeto (ensino fundamental), sobretudo, considerando suas precárias condições socioeconômicas e carências familiares; aumento do interesse das crianças pela ciência e tecnologia, sobretudo, a partir do contato direto com equipamentos e procedimentos científicos; pôde-se oferecer aos professores das crianças participantes a oportunidade de experimentar metodologias ativas de ensino-aprendizagem desenvolvidas especificamente para assuntos voltados à Saúde e Meio Ambiente que podem ser replicadas ou aprimoradas em outras ocasiões envolvendo suas práticas docentes. Além disso, foi possível contribuir com o processo de educação permanente em saúde, implementado no Sistema único de Saúde, ao desenvolver na escola ação educativa específica ligada à identificação do vetor Aedes aegypti e sobre as doenças que podem ser transmitidas pelo inseto; bem como contribuiu para o processo de popularização da Ciência na escola carente foco deste projeto ao oferecer às crianças o contato direto com microscópios ópticos binoculares, trinoculares (com câmera acoplada), estéreo microscópios, bem como técnicas histológicas normalmente utilizadas apenas em laboratórios de pesquisa científica.

Published

2018-02-04

How to Cite

Campos et al., N. A. (2018). Aprendendo sobre Saúde e Meio Ambiente pelas lentes microscópicas: um relato de experiência vivenciado por bolsistas do PIBID/Biologia do Instituto Federal Goiano (IF Goiano) - Campus Urutaí. Multi-Science Journal (ISSN 2359-6902), 1(11), 9. https://doi.org/10.33837/msj.v1i11.553