O Ensino de Química por meio de um projeto educativo intitulado: a identificação de compostos orgânicos nos medicamentos

Grazielle Alves dos Santos, Joceline Maria da Costa Soares

Resumo


A prática profissional dos futuros professores de Química, nos remente aos desafios para a formação de docentes em Química e Ciências. Como forma de superar as dificuldades do ensino tradicional, torna-se necessário utilizar metodologias que facilitem e auxiliem os professores no processo de ensino-aprendizagem dos alunos.  Já que, o grande desinteresse dos alunos pelo estudo da química se deve, em geral, a falta de atividades experimentais que possam relacionar a teoria e a prática. Diante dessa perspectiva, foi desenvolvido e aplicado no âmbito no Estagio Supervisionado no Ensino de Química I, ofertado no 6º período do curso de Licenciatura em Química do Instituto Federal Goiano – Campus Urutaí, um projeto educativo para os alunos do curso Técnico de Informática Integrado ao Ensino Médio do referido Campus, no intuito de proporcionar aos alunos uma aula diferenciada, através de várias práticas de Química Orgânica, A partir dos resultados obtidos, pode se considerar que o projeto educativo “Identificação de Funções Orgânicas nos Medicamentos” logrou o êxito esperado, sendo uma ferramenta auxiliar e complementar para o processo de ensino-aprendizagem no ensino de Química, contribuindo para a aprendizagem do aluno. Além disso, a atividade contribuiu para a formação da licencianda em Química, ao qual pode-se perceber a importância da elaboração de projeto educativos para a compreensão dos conteúdos de orgânica, de forma simples e prazerosa.


Palavras-chave


Ensino de Química, estágio supervisionado, projeto educativo

Texto completo:

PDF

Referências


Barbosa, L. de S., & Pires, D. A. T. (2016). A importância da experimentação e da Contextualização no ensino de ciências e no ensino de Química. Revista Ciência, Tecnologia, Sociedade (CTS), v. 2, n. 1, 1-11.

Carvalho, H. W. P., Batista, A. P. de L., Ribeiro, C. M. (2007). Ensino e Aprendizado de Química na Perspectiva Dinâmico-Interativa. Revista Experiências em Ensino de Ciências, v. 2, n. 3, 34 – 47.

Dantas, S. M. M. de M., & Santos, J. O. (2014). Estrutura e Utilização do Laboratório de Ciências em Escolas Públicas de Ensino Médio de Teresina – PI. Revista da SBEnBio, n. 7, 4267-4275.

Gonçalves, R. C. et al. (2014). Relatando e Refletindo sobre as Experiências do PIBID Biologia (IF Goiano – Campus Urutaí) no período de 2011 a 2013. Revista HOLOS, v. 6, 267-279.

Libâneo, J. C. (2006). Democratização da escola pública: a pedagogia crítico-social dos conteúdos (21ª ed.) São Paulo: Edições Loyola.

Oliveira, M. F. (2006). Química forense: a utilização da química na pesquisa de vestígios de crime. Química Nova na Escola, v. 24, 17-19.

Oliveira, D. R. M., Lopes, K. F., Gomes, M. H.; Bezerra, R. de C. F.; Moreira, E. F.; Fernandes, R. R. (2012). Bingo da tabela periódica: uma atividade lúdica envolvendo Símbolos e nomes dos elementos. In: VII Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação – CONNEPI. Palmas, TO.

Plicas, L. M. A., Pastre, I. A., & Oliveira, V. A. (2010). O uso de práticas experimentais em Química como contribuição na formação continuada de professores de Química. In: Instituto de Biociências, letras e Ciências Exatas – UNESP, São José do Rio Preto.

Schwahn, M. C. A., & Oaigen, E. R. (2008). O uso do laboratório de ensino de Química como ferramenta: investigando as concepções de licenciandos em Química sobre o Predizer, Observar, Explicar (POE). Acta Scientiae, v. 10, n. 2, 151-169.

Silva, M. do A. dos S., Soares, I. R., Alves, F. C., & Santos, M. de N. (2012). Utilização de Recursos Didáticos no processo de ensino e aprendizagem de Ciências Naturais em turmas de 8º e 9º anos de uma Escola Pública de Teresina no Piauí. In: Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação, VII CONNEPI. Palmas, TO.

Teixeira, D. M., Amaral, G. da S., Rodrigues, L. L., Santos, I. M. dos S., & MASSENA, E. P. (2012). Reorganizando o Laboratório de Ciências: uma experiência da abordagem do PIBID/UESC de Química no espaço escolar. In: XVI Encontro Nacional de Ensino de Química e X Encontro de Educação Química da Bahia, ENEQ/EDUQUI. Salvador, BA.

Zanon, D. A. V., Guerreiro, M. A. S., & Oliveira, R. C. (2008). Jogo didático Ludo Químico para o ensino de nomenclatura dos compostos orgânicos: projeto, produção, aplicação e avaliação. Ciências & Cognição. v. 13, 72-81.




DOI: http://dx.doi.org/10.33837/msj.v1i13.588

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo