PERFIL E PERCEPÇÕES DE PROFESSORES ATUANTES NO ENSINO DE QUÍMICA EM ESCOLAS PÚBLICAS E PARTICULARES DE MUNICÍPIOS DA MICRO-REGIÃO DE PIRES DO RIO – GOIÁS

Dieferson da Costa Estrela

Abstract


O presente estudo buscou caracterizar o perfil e analisar as percepções de professores atuantes no ensino de Química em instituições de ensino (público e particular) dos municípios de Pires do Rio, Urutaí, Orizona e Ipameri, localizados no Sudeste goiano. Participaram da pesquisa 10 professores que responderam a um questionário estruturado com questões objetivas e discursivas. Os resultados obtidos apontam para um público majoritariamente masculino, há um percentual significativo de professores atuando no ensino de Química sem formação especifica (Licenciatura em Química) (70%) e, em sua maior parte, não possuem pós-graduação. Mais da metade da amostra pesquisada realiza jornada de trabalho estendida e leciona em escolas e turnos variados. Em relação às dificuldades apontadas, a falta de apoio pedagógico, ausência de uma política de valorização do professor, desprestígio social e escassez de material pedagógico foram as mais citadas pelos docentes. Os dados obtidos neste estudo são importantes, pois subsidiam a definição de políticas regionais orientadas aos anseios e necessidades dos educadores investigados e a realidade das escolas visitadas.




DOI: http://dx.doi.org/10.33837/msj.v1i1.597

Refbacks

  • There are currently no refbacks.

Comments on this article

View all comments




Copyright (c) 2018 Dieferson da Costa Estrela

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexed in:

          

A publication of the "Diretoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação", IFGoiano - Campus Urutaí

 

  

 Licença Creative Commons

License: Creative Commons - Attribution 4.0 International.