Comentários do leitor

Ministros, cerimônias e disposições para o Matrimônio

por Instituto Jackson Figueiredo (2019-10-11)


838) Quem são os ministros do Sacramento do Matrimônio?

192

P A P A S. P I O X

Os ministros deste Sacramento são os mesmos esposos, que
reciprocamente conferem e recebem o Sacramento.
839) De que maneira se administra este Sacramento?

Este Sacramento, conservando a natureza de contrato, é ad-
ministrado pelos mesmos contraentes, declarando na presença

do próprio pároco, ou de outro Sacerdote devidamente autori-
zado, e de duas testemunhas, que se unem em matrimônio.

840) Para que serve então a bênção que o pároco dá aos esposos?
A bênção que o pároco dá aos esposos não é necessária para
constituir o Sacramento, mas é dada para sancionar em nome
da Igreja a sua união, e para atrair sempre mais sobre eles as
bênçãos de Deus.
841) Que intenção deve ter quem contrai Matrimônio?
Quem contrai Matrimônio deve ter intenção:
1o de fazer a vontade de Deus, que o chama a tal estado;
2o de procurar nele a salvação da própria alma;
3o de educar cristãmente os filhos, se Deus lhos der.
842) De que maneira os esposos devem se preparar para receber
com fruto o Sacramento do Matrimônio?

Os esposos, para receber com fruto o Sacramento do Matri-
mônio, devem:

1o encomendar-se de todo o coração a Deus, para co-
nhecer a sua vontade e para alcançar d’Ele as graças

que são necessárias em tal estado;

2o consultar os próprios pais, antes de chegar ao noiva-
do, como exigem a obediência e o respeito que lhes são

devidos;

3o preparar-se com uma boa confissão, até mesmo ge-
ral, se for necessário, de toda a vida;

4o evitar toda a familiaridade perigosa de trato e de pa-
lavras, ao conversarem mutuamente antes de recebe-
rem este Sacramento.

843) Quais são as principais obrigações das pessoas que se unem
em Matrimônio?

193

C A T E C I S M O M A I O R D E S. P I O X
As pessoas que se unem em Matrimônio devem:
1o guardar inviolada a fidelidade conjugal, e proceder
sempre cristãmente em tudo;
2o amar-se mutuamente, suportando-se um ao outro
com paciência, e viver em paz e concórdia;
3o se têm filhos, cuidar seriamente em prover-lhes de

acordo com suas necessidades, dar-lhes educação cris-
tã, e deixar-lhes a liberdade de escolha para o estado de

vida para o qual Deus os chamar.
§ 3o -Condições e impedimentos do Matrimônio
844) Que é necessário para contrair validamente o Matrimônio
cristão?

Para contrair validamente o Matrimônio cristão é necessá-
rio estar livre de qualquer impedimento matrimonial dirimente,

e livremente dar o próprio consentimento ao contrato do Ma-
trimônio na presença do próprio pároco ou de um Sacerdote

devidamente autorizado, e de duas testemunhas.
845) Que é necessário para contrair licitamente o Matrimônio
cristão?
Para contrair licitamente o Matrimônio cristão, é necessário
estar livre dos impedimentos matrimoniais impedientes, estar
instruído nas verdades principais da religião, e estar em estado
de graça. Caso contrário, cometer-se-ia um sacrilégio.
846) Que são os impedimentos matrimoniais?
Os impedimentos matrimoniais são certas circunstâncias
que tornam o matrimônio inválido ou ilícito. No primeiro caso
chamam-se impedimentos dirimentes, no segundo impedimentos
impedientes.
847) Dai-me alguns exemplos de impedimentos dirimentes.

Impedimentos dirimentes são, por exemplo, a consanguini-
dade até ao quarto grau, o parentesco espiritual, o voto solene

de castidade, a diversidade de culto entre batizados e não bati-
zados, etc.

194

P A P A S. P I O X

848) Dai-me algum exemplo de impedimento impediente.
Impedimento impediente é, por exemplo, o voto simples de
castidade etc.
849) Os fiéis são obrigados a manifestar à autoridade eclesiástica
os impedimentos matrimoniais que conhecem?
Os fiéis são obrigados a manifestar à autoridade eclesiástica
os impedimentos matrimoniais que conhecem; e é por isso que
os párocos fazem as publicações.

850) Quem tem o poder de estabelecer impedimentos matrimo-
niais, de dispensar deles, e de julgar da validade do Matrimônio cris-
tão?

Somente a Igreja tem o poder de estabelecer impedimentos
e de julgar da validade do Matrimônio entre os cristãos, como
somente a Igreja pode dispensar daqueles impedimentos que
Ela estabeleceu.

851) Por que somente a Igreja tem o poder de estabelecer impedi-
mentos e de julgar da validade do Matrimônio?

Somente a Igreja tem o poder de estabelecer impedimen-
tos, de julgar da validade do Matrimônio e de dispensar dos

impedimentos que Ela própria estabeleceu, porque no matri-
mônio cristão não pode ser separado o contrato do Sacramento,

embora o contrato cai sob a autoridade da Igreja, uma vez que
somente a Ela Jesus Cristo conferiu o direito de promulgar leis
e decisões acerca das coisas sagradas.
852) Pode a autoridade civil dissolver, com o divórcio, o vínculo
do Matrimônio cristão?

Não. O vínculo do Matrimônio cristão não pode ser dissol-
vido pela autoridade civil, porque esta não pode ingerir-se em

matéria de Sacramentos, nem separar o que Deus uniu.
853) Que é o matrimônio ou casamento civil?

O casamento civil não é mais que uma formalidade prescri-
ta pela lei, a fim de dar e de assegurar os efeitos civis aos casa-
dos e aos seus descendentes.

195

C A T E C I S M O M A I O R D E S. P I O X

854) Um cristão pode celebrar

 

https://www.institutojacksondefigueiredo.org/catecismo