Comentários do leitor

ID Jovem 2.0

por João Malucerli Silva (2018-12-21)


O programa ID Jovem beneficia jovens entre 15 a 29 anos cuja família tem até dois salários mínimos e esteja inscrito no cadastro único.

Entre os benefícios concedidos, destaca-se a passagem de transporte interestadual gratuito ou com 50% de desconto.

O cadastro pode ser realizado pela internet ou pelo aplicativo, o jovem precisa preencher o formulário e colocar o NIS (número de identificação social). Recentemente foi lançado o ID Jovem 2.0, vamos conferir tudo que mudou desse programa.

O que você deve saber sobre o programa ID Jovem?

A ID Jovem 2.0 concede é uma ação do governo que visa beneficiar jovens estudantes de baixa renda garantindo gratuidade na inscrição do Enem, gratuidade na emissão da Carteira de Identidade Estudantil, meia-entrada em eventos artísticos, esportivos e culturais e garante a reserva de duas passagens gratuitas e duas com 50% de desconto em viagens interestaduais feitas em ônibus convencional.

Para ter acesso a estes benefícios o jovem tem que ter idade entre 15 e 29 anos e pertencer à uma família com renda mensal de até dois salários mínimos, ser inscrito no Cadastro Único, e atualizar as informações cadastrais uma vez ao ano.

Atualização do programa ID Jovem

Antes o cadastramento do programa ID Jovem era realizado no site da Caixa Econômica Federal, agora será operacionalizado no endereço www.juventude.gov.br/idjovem.

As novas carteiras já podem ser emitidas nesse endereço, e nenhum benefício do programa teve alteração. Ou seja, os usuários podem continuar usando todos os benefícios e das passagens interestaduais gratuitas ou com 50% de desconto e da meia-entrada em eventos culturais, esportivos e artísticos.

Novidades do ID Jovem 2.0

Recentemente o ID Jovem passou por uma atualização com o intuído de se adequar a novas necessidades. Como por exemplo, um canal de denúncia para aqueles casos onde o jovem não consegue usar seus direitos por negligências das empresas.

O usuário poderá através desta Central de Denúncia informar quais estabelecimentos, produtores de eventos e empresas recusaram a emitir passagens interestaduais ou descumpriram a lei da meia-entrada por meio da ID Jovem.

Com o objetivo de ajudar na apuração será permitido tirar fotos e inserir informações mais específicas do caso. Essas denúncias serão enviadas ao Comitê Estadual de Fiscalização e Acompanhamento do programa a fim de solucionar o problema.

Outra novidade é que agora os usuários da ID Jovem podem conversar com outros jovens em chats de bate-papo, usar uma nova ferramenta que possibilita encontrar e compartilhar eventos culturais e esportivos por meio do aplicativo.

Além disso, agora é possível personalizar sua Identidade Jovem com foto. Tudo isso trouxe características mais dinâmicas, interativas e modernas ao portal.

Conclusão: Garanta seus direitos!

Muitos jovens desconhecem a existência da Identidade Jovem, deixando assim de aproveitar seus direitos e benefícios.

Para fazer a ID Jovem basta se inscrever no Cadastro Único e através do NIS conseguir emitir a Identidade Jovem pelo site ou aplicativo, garantindo diversos benefícios que podem auxiliar muito as suas necessidades como estudante.