Reader Comments

Benefícios em usar probióticos

by Jonas Machado (2018-08-28)


Os Benefícios Dos Probióticos

De acordo com a professora Susana Marta Isay Saad, pesquisadora do FoRC e docente do Departamento de Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica Faculdade de Ciências Farmacêuticas, a definição utilizada no mundo todo é a seguinte: probióticos são micro-organismos vivos que, administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde de quem os ingere. Eles desempenham um papel fundamental para a manutenção da saúde e função intestinal, auxiliando na digestão e absorção dos nutrientes presentes nos alimentos ingeridos e na produção de vitaminas por exemplo. Podem ser considerados, portanto, probióticos.

Os probióticos podem ser considerados grandes aliados da nutrição e da medicina, sendo que consumo equilibrado de probióticos é extremamente benéfico à nossa flora intestinal e nosso organismo. Se mantido em harmonia, diminui os riscos de adquirir algumas doenças. Essas doenças que por si só já são um problema, mas que podem piorar, pois junto das doenças vem os fármacos usados para combatê-las, que mesmo em doses pequenas podem ser considerados tóxicos ao organismo humano.

Um fato importante é ressaltar que os probióticos ajudam a emagrecer, pois a ingestão de açúcares e gorduras em excesso acabam levando a uma inflamação crônica no intestino e essa inflamação leva ganho de peso, a ingestão de probióticos trata essa inflamação, obviamente junto com ingestão de fibras, muita água e vegetais frescos.

Mas mesmo que você consuma de vez em quando alguns alimentos naturais, isso não é bastante para garantir a boa saúde e prevenir doenças. 3. Leites e Queijos Fermentados, e Iogurtes: feitos a informações sobre probióticos partir da fermentação de sementes e oleaginosas. Os probióticos promovem um equilíbrio saudável das bactérias intestinais e têm sido associados a uma ampla gama de benefícios para a saúde.

Além disso, Tatiana orienta que atualmente, existem no mercado comprimidos, cápsulas e sachês que contêm a bactéria na forma liofilizada, que não necessitam de refrigeração para se manter vivas ao contrário das bactérias encontradas nos leites fermentados ou iogurtes que podem ser perdidas se não estiverem sob refrigeração”.

Os vilões da história são outras bactérias, como a que causa úlceras. Quando os probióticos estão enfraquecidos, ou há um excesso de bactérias nocivas, vários problemas de saúde aparecem. Confira a lista de 5 alimentos que possuem probióticos e saiba como inserí-los na alimentação diária.

Lactobacillus johnsonii: eles estimulam as defesas imunológicas do corpo, ajudam a prevenir aparecimento de melasmas na pele e ainda combate doenças inflamatórias. Alguns alimentos lácteos fermentados contêm probióticos por terem sido enriquecidos com os micro-organismos em seu processo de fabricação. Daí a importância de sempre consultar os rótulos antes de consumir alimento.

Em palestra durante PreProSim, médico Dan Waitzberg, da USP, frisou que as fórmulas de manipulação ainda não são as melhores opções para tirar proveito dos micro-organismos probióticos. Não dá para saber de onde eles vieram”, justifica. Fora que os bichinhos podem se transformar em condições fora de controle, que alteraria seu comportamento dentro do corpo.

Kefir: Pode reduzir a inchaço e gás que é provocado pelo consumo de produtos lácteos. As bactérias nesta bebida de leite fermentada foram colonizadas no trato intestinal, que proporciona benefícios curativos ao intestino”. É um dos alimentos mais ricos em micro-organismos vivos capazes de fortalecer e cuidar da saúde de nosso intestino.

É importante que a ingestão de alimentos que contêm probióticos tenha quantidade significativa desses micro-organismos, pois necessita atravessar todos os órgãos gastrointestinais em número considerável para desempenhar suas funções. Os probióticos são encontrados em iogurtes, leites fermentados, em pó ou em cápsulas.

Cepas específicas de algumas bactérias podem ter efeitos benéficos à saúde. Lactobacilos e bifidobactérias já são utilizados em alguns alimentos como leite fermentado e iogurte, dentre outros. consumo por períodos continuados é associado a possíveis melhoras na flora gastrointestinal. Estes microrganismos benéficos, conhecidos como probióticos, são definidos pela Organização Mundial de Saúde como organismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefício à saúde do hospedeiro”.

Kombucha - é um chá preto fermentado que faz maravilhas ao seu intestino e ao organismo por ser benéfico para os probióticos. International Life Sciences Institute. Europe. Probióticos, Prebióticos e a Microbiota Intestinal, 2013. processo de fermentação também aumenta a absorção de zinco, ferro e cálcio dos feijões. Embora os produtos da soja, em geral, Não são bons para comer em uma base regular, produtos de soja fermentados são considerados muito saudável e benéfico.